Portal Terceira Idade - home Prefeitura da Cidade de São Paulo Telecentros - Prefeitura de São Paulo
Notícias do Cidadão Notícias do Cidadão Espaço Livre Espaço Livre Shows e Eventos Shows e Eventos Cursos e Atividades Cursos e Atividades Parcerias Parcerias Direitos 3a.Idade Direitos 3a.Idade

Diálogo Aberto

Enquete "Você acha
que...?"
Enquete
Cadastre-se Cadastre-se
no Portal
3a.Idade!
Busca Procurando
algo no site?
Busca
Pesquisa Links para
Pesquisa
Mural de Trocas Anuncie
seu produto!
Mural
de Trocas
Fale Conosco Dúvidas?
Sugestões?
Críticas?

Fale
Conosco
Dicas de Internet "Download"?
"Browser"?
Dicas
de Internet

Colméias da 3a.Idade
Colméias da 3a.Idade
Escolha o seu assunto e participe de nossas salas de chat temáticas

Espaço Livre
Espaço Livre

Mensagens

voltar à página anterior

Título/Texto Autor Postado E-mail
AMOR DE MÃE NÃO TEM PREÇO

Havia um menino de 8 anos de idade, que tudo que fazia era em função do dinheiro, tudo tinha que ser pago.

Certo dia, no café da manhã, ele colocou um bilhete em baixo do prato de sua mãe. Quando a mãe abriu o bilhete, no começo ficou assustada, mas depois achou graça. O bilhete dizia: mãe você me deve 3 reais, para levar recados, 2 reais para pegar o lixo e colocar na rua, 2 reais para varrer a casa e, para serviço extra, 1 real, total de 8 reais.

A mãe pegou o bilhete e guardou no bolso do avental e não disse nada. O menino foi para a escola, e quando voltou já era hora de almoço, e foi logo sentando para almoçar. Viu que, em baixo do prato, havia um bilhetinho dobrado e 8 reais, ficou muito contente e pensava o que iria fazer com os 8 reais. Abriu o bilhete e viu que sua mãe também deixou uma conta para ele pagar.

Por te amar muito você me deve... nada.
Para cuidar de você quando está doente, você me deve ..nada.
Pelas roupas, brinquedos e calçados, você me deve ...nada.
Pelas roupas, nada...
Pelo quarto que você dorme e pela refeição, nada.
Total que você me deve, nada...

O menino leu o bilhete e ficou sem palavras, levantou-se pegou o bilhete e os 8 reais, colocou nas mãos de sua mãe e pediu perdão.
Daquele dia em diante, passou a ajudar sua mãe em tudo que precisava, mas tudo por amor, e nunca mais falou em dinheiro.

Devemos sempre lembrar que é no lar que recebemos os primeiros ensinamentos sobre as virtudes.

Zuzu do cordel.
Fiquem com Deus.
Zulmira Ferreira 23/01/2007 envie um e-mail para o autor

Portal Terceira Idade® é uma realização da
Associação Cultural Cidadão Brasil
em parceria com os Telecentros e a Prefeitura do Município de São Paulo
©Todos os direitos reservados - 2005/2006
Desenvolvimento, Webdesign e Sistemas: Kuantika Multimídia