Portal no Facebook Portal no Twitter Portal no YouTube Blog do Portal Portal nas Redes Sociais

Portal Terceira Idade
Notícias do Cidadão Notícias do Cidadão Espaço Livre Espaço Livre Shows e Eventos Shows e Eventos Cursos e Atividades Cursos e Atividades Parcerias Parcerias Direitos 3a.Idade Direitos 3a.Idade

Diálogo Aberto

Enquete "Você acha
que...?"
Enquete
Cadastre-se Cadastre-se
no Portal
3a.Idade!
Busca Procurando
algo no site?
Busca
Pesquisa Links para
Pesquisa
Mural de Trocas Anuncie
seu produto!
Mural
de Trocas
Fale Conosco Dúvidas?
Sugestões?
Críticas?

Fale
Conosco
Dicas de Internet "Download"?
"Browser"?
Dicas
de Internet

Colméias da 3a.Idade
Colméias da 3a.Idade
Escolha o seu assunto e participe de nossas salas de chat temáticas

Notícias do Cidadão
Notícias

Saúde - Sedentarismo
Vida sedentária a partir dos 40 reduz tamanho do cérebro
Pesquisadores da Universidade de Boston, nos EUA, acompanharam 1.583 pessoas durante 20 anos e encontraram uma correlação direta entre má forma física e o volume do cérebro ao longo do período
Por: Jo Tozzatti
Coordenadora de redação e interatividade do Portal Terceira Idade
Fale com o colunistaFale com o colunista
Fale com o colunista
foto notícias

A conclusão do estudo é que escolhas de saúde e estilo de vida que você faz ao longo da vida poderão ter consequências muitos anos depois

encolhimento do cérebro é um processo natural do envelhecimento humano e a atrofia do órgão está ligada ao declínio cognitivo e ao aumento do risco de demência.

Um estudo americano sugere que o sedentarismo a partir dos 40 anos tem correlação com o envelhecimento do cérebro e mesmo sua redução de tamanho na casa dos 60 anos.

Exercício reverte essa deterioração

Pesquisadores da Universidade de Boston acompanharam 1.583 pessoas, com média de idade de 40 anos, todas elas sem demência ou doenças cardíacas. Elas fizeram testes de esforço em uma esteira e também se submeteram a tomografias do cérebro. Vinte anos depois, repetiram os procedimentos. Os resultados foram publicados na revista da Sociedade Americana de Neurologia.

As pessoas que tinham registrado resultados ruins no primeiro exame tinham cérebros menores na medição de duas décadas depois.

As pessoas que não desenvolveram problemas cardíacos e não estavam usando medicamentos para pressão alta apresentaram o equivalente a um ano de envelhecimento acelerado do cérebro.

Aqueles que tiveram problemas ou usaram medicação - na primeira medição - apresentaram o equivalente a dois anos de envelhecimento acelerado do cérebro.

A pesquisadora-chefe do estudo, Nicole Spartano, da Escola de Medicina da Universidade de Boston, afirma que sua equipe encontrou uma correlação direta entre má forma física e o volume do cérebro nas décadas seguintes, o que indica envelhecimento acelerado.

Estilo de vida define o seu futuro

“Esses resultados, ainda que não analisados em larga escala, sugerem que a condição física na meia-idade pode ser particularmente importante para milhões de pessoas ao redor do mundo que já têm alguma evidência de doenças cardíacas”, completa Spartano.

“A mensagem é que escolhas de saúde e estilo de vida que você faz ao longo da vida poderão ter consequências muitos anos depois”, enfatiza.


Fotos/ilustrações: divulgação
Mais sobre o assunto na internet
UOL > Notícias > Ciência e Saúde > Pesquisa
Correr ou ficar no sofá? Humanos são 'programados' para serem preguiçosos
Estudo feito por pesquisadores da Universidade Simon Fraser, no Canadá, sugere que os humanos são biologicamente "programados" para serem preguiçosos
Mais sobre o assunto no Portal Terceira Idade
Saúde e Equilíbrio > Saúde - Atividade física
Diferente da musculação, treinamento funcional oferece aulas mais dinâmicas, desafiadoras e divertidas
A técnica, essencial para o dia a dia de atletas, adultos sedentários ou idosos, utiliza materiais diversos, como bolas e elásticos, exercitando todos os músculos de forma integrada

Outras Notícias

Portal Terceira Idade® é uma realização da
Associação Cultural Cidadão Brasil
©Todos os direitos reservados
Desenvolvimento, Webdesign e Sistemas: Auika - Web & Graphic Design