Portal no Facebook Portal no Twitter Portal no YouTube Blog do Portal Portal nas Redes Sociais

Portal Terceira Idade
Notícias do Cidadão Notícias do Cidadão Espaço Livre Espaço Livre Shows e Eventos Shows e Eventos Cursos e Atividades Cursos e Atividades Parcerias Parcerias Direitos 3a.Idade Direitos 3a.Idade

Diálogo Aberto

Enquete "Você acha
que...?"
Enquete
Cadastre-se Cadastre-se
no Portal
3a.Idade!
Busca Procurando
algo no site?
Busca
Pesquisa Links para
Pesquisa
Mural de Trocas Anuncie
seu produto!
Mural
de Trocas
Fale Conosco Dúvidas?
Sugestões?
Críticas?

Fale
Conosco
Dicas de Internet "Download"?
"Browser"?
Dicas
de Internet

Colméias da 3a.Idade
Colméias da 3a.Idade
Escolha o seu assunto e participe de nossas salas de chat temáticas

Notícias do Cidadão
Notícias

Saúde - Combate ao Câncer
Câncer de mama é mais comum após os 50
O ginecologista Dr. Marcelo Steiner fala sobre o Dia Nacional do Combate ao Câncer, celebrado no dia 27 de novembro, e as modalidades desta doença que afetam a saúde da mulher
Por: Jo Tozzatti
Coordenadora de redação e interatividade do Portal
Fale com o colunistaFale com o colunista
Fale com o colunista
foto notícias

A data foi criada em 1988 pelo Ministério da Saúde com o objetivo de conscientizar a população sobre a doença, considerada a segunda maior causa de mortes no Brasil

egundo dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer), entre 2014 e 2015, cerca de 576 mil novos casos de câncer devem surgir, incluindo câncer de mama (75 mil novos casos) e colo do útero (15 mil), que são alguns dos mais comuns nas mulheres.

No próximo dia 27 de novembro, o País estará celebrando o Dia Nacional de Combate ao Câncer, data criada em 1988 pelo Ministério da Saúde com o objetivo de conscientizar a população sobre a doença, considerada hoje um problema de saúde pública e a segunda maior causa de mortes no Brasil – o Dia Mundial de Combate ao Câncer é celebrado no dia 8 de abril.

Segundo o ginecologista Dr. Marcelo Steiner, para as mulheres, a visita anual ao ginecologista é fundamental para detecção precoce de cânceres que acometem órgãos femininos. Como o câncer se desenvolve em múltiplas etapas e alguns tipos podem ser detectados antes das células se tornarem malignas, numa fase inicial da doença o tratamento pode ser muito mais eficaz e com maior chance de cura.

“Cuidados com alimentação, prática de exercícios físicos regulares, evitar vícios como cigarro e álcool e prevenção contra doenças sexualmente transmissíveis são medidas que ajudam a manter a saúde do organismo e podem ser seguidas por todas as mulheres”, enfatiza o ginecologista, médico responsável pela clínica Stöckli, em São Paulo.

Câncer de mama é mais comum após os 50

O câncer de mama é o tipo o mais comum entre as mulheres, aparecendo, principalmente, após a quinta década de vida. No entanto, mulheres jovens com fatores de risco presentes devem ser monitoradas. Para a detecção precoce da doença, é necessária a realização de um exame clínico e a mamografia. O autoexame também é muito importante e a qualquer sinal de nódulo é necessário procurar o médico para diagnóstico.

O câncer de colo de útero é outro que acomete um grande número de mulheres, seguido pelo câncer de endométrio, relacionado a desequilíbrios hormonais, obesidade, diabetes e pressão alta; câncer de vulva, um tipo de câncer de pele que surge como uma mancha ou ferida que não cicatriza e vai aumentando de tamanho; e o câncer de ovário, que provoca dor ou inchaço no abdômen, náusea e cansaço constante.

“A realização de exames periódicos e a visita ao ginecologista, para avaliação e orientação adequada, ajudam e muito as mulheres a manter a qualidade de vida em todas as fases”, finaliza. 

Fotos/ilustrações: divulgação
Fonte: A2N Comunicação

Mais sobre o assunto na internet
Albert Einstein - Sociedade Beneficente Israelita Brasileira > Einstein Saúde > Em Dia com a Saúde
Quais as diferenças do câncer em adultos e idosos?

A principal diferença do câncer em idosos e adultos não é o tipo da doença, como ocorre entre adultos e crianças, mas o tratamento
http://www.einstein.br/einstein-saude/em-dia-com-a-saude/Paginas/quais-as-diferencas-do-cancer-em-adultos-e-idosos.aspx
Dr. Marcelo Steiner - Ginecologista e Obstetra
Doutor em ginecologia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) (CRM 109535)

Adolescência: transição da infância à vida adulta; Menacme: da adolescência à vida adulta; Menopausa: uma nova fase
http://www.marcelosteiner.com.br/
INCA - Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva
Órgão auxiliar do Ministério da Saúde no desenvolvimento e coordenação das ações integradas para a prevenção e o controle do câncer no Brasil

Ações e programas, ensino e pesquisa, comunicação e informação, estatísticas do câncer
http://www2.inca.gov.br
Mais sobre o assunto no Portal Terceira Idade
Notícias > Anteriores > Saúde/Direitos
Conhecer os seus direitos pode salvar a sua vida
Paulo Danilo, 60, de Poços de Caldas (MG), consultou seus direitos com os advogados do Portal e conseguiu realizar uma cirurgia para curar-se de câncer
Saúde e Equilíbrio > Anteriores > Alimentação/Câncer
Alimentos podem ajudar na prevenção do câncer
Hábitos simples e saudáveis podem prevenir a doença e aumentar sua qualidade de vida
Saúde e Equilíbrio > Anteriores > Geriatria
Será que devemos tomar vitaminas?
Estudos científicos mostram que o uso dos polivitamínicos e das chamadas vitaminas antioxidantes não previne doenças crônicas como infarto, derrame e câncer, e não prolongam a vida

Outras Notícias

Portal Terceira Idade® é uma realização da
Associação Cultural Cidadão Brasil
©Todos os direitos reservados
Desenvolvimento, Webdesign e Sistemas: Auika - Web & Graphic Design